Pensando sobre a obra missionária


Pensando sobre a obra missionária, tenho meditado sobre três pontos:

Primeiro, como um pastor local e professor de teologia, sinto-me no dever de me comprometer com missões no que refere ao despertamento e capacitação missionária. Sinto-me na obrigação de conscientizar e preparar as ovelhas e os alunos no que tange à obra de missões. Entendo que o pastor, por ser o líder da igreja local, tem o papel de engajar a igreja na obra evangelística local e mundial.

Segundo, tem pessoas querendo fazer missões à distância. Sim, eu disse “fazer missões à distância” e não “fazer curso de missões à distância”. Orar e ofertar para missões não é fazer missões à distância (se é que existe isso). Muitas pessoas acham que orar e ofertar é o suficiente. É claro que sem oração e sem o sustento financeiro fica inviável a obra de missões, porém, a questão não é somente receber as notícias dos missionários e interceder/ofertar pelos os mesmos. É preciso se comprometer com o evangelismo e o discipulado individual e coletivo, seja perto ou longe, local ou mundial. Precisamos ter igrejas missionais e missionárias, isto é, igrejas que façam a diferença onde estão e que enviem missionários aos campos não alcançados. Mas, não podemos esquecer-nos de orar consistentemente e levantar recursos para missões.

Terceiro, não podemos fazer missões semipresencialmente, isto é, evangelizar os povos e não discípulá-los, ir de vez em quando ao campo missionário. O trabalho precisa ser consistente, presente, atuante e contextual. Uma das maiores tragédias que podemos cometer no campo missionário é a evangelização sem o discipulado. É como uma mãe que dar à luz, mas não quer assumir a criança (amamentar, cuidar, dar banho, vestir, proteger e etc. o bebê). Missões é a evangelização com o propósito de discipular, amadurecer e fazer multiplicar aqueles discípulos que foram alcançados com o evangelho, e isto só é possível com a implantação de igrejas saudáveis.

Nos laços do Calvário que nos une,

Luciano Paes Landim.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A IMPORTÂNCIA DA FIDELIDADE DOS DÍZIMOS E DAS OFERTAS

A ORAÇÃO É A CHAVE PARA A OBRA MISSIONÁRIA