sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

LI E RECOMENDO - EVANGELIZAÇÃO - J. MACK STILES


LI E RECOMENDO

O livro EVANGELIZAÇÃO – COMO CRIAR UMA CULTURA CONTAGIANTE DE EVANGELISMO NA IGREJA LOCAL mostra que a evangelização é mais que um programa. J. Mack Stiles expõe que evangelização não são eventos. Diz ainda que a evangelização tem que fazer parte da cultura da igreja. Ou seja, a igreja tem que viver e compartilhar o evangelho.
Para mim é o melhor livro que já li sobre o tema, mesmo o conteúdo sendo curto, porém, não insuficiente ou simplório. O autor não perde tempo, vai direto ao ponto, é objetivo. Ele faz uma junção entre maturidade bíblica e praticidade evangelística. A obra exalta a Cristo. Não se perde em métodos, mas compromete-se com a mensagem – Cristo, na vivência do evangelho e na proclamação do mesmo.
O livro foi publicado em 2015 pela Editora Vida Nova e possui 144 páginas.

Nos laços do Calvário que nos une,

Luciano Paes Landim.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Seminário Evangelização


Os 10 Melhores Livros Que Li em 2015


O ano de 2015 foi um tanto proveitoso no que refere à leitura. Não foi nada fácil selecionar os dez melhores livros. Para ver a lista completa clica no link: http://www.lucianopaeslandim.blogspot.com.br/p/leituras.html

Abaixo, aquilo que considero o TOP 10 – os dez melhores livros que li no ano. Não está necessariamente em ordem de importância.

1.       CRISTIANISMO BÁSICO. John Stott, 208 páginas, Editora Ultimato.
Stott diz que Jesus não somente deve ser admirado, mas adorado.

2.       O DISCIPULADO SEGUNDO JESUS. James Montgomery Boice, 240 páginas, Cultura Cristã, 2001. O livro nos convoca a avaliarmos o significado, o caminho, o preço e as recompensas do verdadeiro discipulado.

3.       O DEUS PRÓDIGO: descubra a essência da fé cristã na parábola mais tocante de Jesus. Timothy Keller, 176 páginas, Thomas Nelson Brasil, 2010. O livro fala sobre esperança e salvação. Mostra o caminho para se resgatar a essência do evangelho.

4.       VOCÊ NÃO PRECISA DE UM CHAMADO MISSIONÁRIO. Yago Martins, 218 páginas, BTBooks, 2015. Parabéns ao jovem Yago Martins pelo seu primeiro livro, diga-se de passagem, ótimo livro. A abordagem é bíblica e recheada de citações de vários autores. O livro ficou ótimo!

5.       PERSUASÕES. Douglas J. Wilson, 142 páginas, Editora Monergismo, 2009.
Já conhecia o autor. Tinha lido dois livros dele sobre família. O presente livro é apologético. Wilson refuta cosmovisões antibíblicas com maestria, fundamentado no pressuposicionalismo. A linguagem é clara e contundente. Amei a leitura!

6.       DELEITANDO-SE NA TRINDADE: uma introdução à fé cristã. Michael Reeves, 146 páginas, Editora Monergismo, 2014. O livro é cativante, profundo, de linguagem acessível. É esclarecedor deleitoso!

7.       A TRELIÇA E A VIDEIRA: a mentalidade de discipulado que muda tudo. Colin Marshall & Tony Payne, 208 páginas, Editora Fiel, 2015. O livro fala sobre como trabalhar de perto com as pessoas, ajudá-las a crescer e a florescer no ministério.

8.       O QUE A BÍBLIA ENSINA SOBRE A HOMOSSEXUALIDADE?. Kevin DeYoung, 200 páginas, Editora Fiel, 2015. Somos desafiados a olhar firmemente para o que a Bíblia diz sobre a homossexualidade. Resumindo o livro: a atividade homossexual não é uma bênção a ser celebrada e solenizada, e sim um pecado que precisa de arrependimento, perdão e abandono.

9.       RAZÕES DO CORAÇÃO: reconquistando a persuasão cristã. William Edgar, 144 páginas, Editora Refúgio, 2000. O que o autor faz é uma ótima explicação do evangelho de forma a alcançar a pessoa toda - mente e coração. O livro é apologético e altamente convincente.

10.   EVANGELISMO: como criar uma cultura contagiante de evangelismo na igreja local. J. Mack Stiles, 144 páginas, Editora Vida Nova, 2015. É apenas um pequeno livro, mas é o melhor livro que já li sobre o assunto.

Nos laços do Calvário que nos une,
Luciano Paes Landim.

Educando para a glória de Deus