Os pés dos que anunciam boas novas


A lógica da missão é que aprouve a Deus salvar os que creem pela loucura da pregação (1Co 1.21). Isto significa que o método escolhido por Deus para salvar o pecador envolve impreterivelmente a proclamação do evangelho. Ou seja, a pregação das boas novas gera fé no coração do pecador. Não há outro meio. Somente aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo (Rm 10.13). Entretanto, surgem algumas perguntas: como invocarão aquele em quem não creram? Como crerão naquele de quem nada ouviram falar? E como ouvirão se não há quem pregue? E como pregarão se não forem enviados? (Rm 10.14-15).

A Bíblia é clara quando afirma: “Como são maravilhosos os pés dos que anunciam boas novas” (Rm 10.15). Nós cristãos temos a maior notícia do mundo. Temos o grande privilégio de portar a mensagem de Deus e o dever de proclamar a salvação exclusiva em Jesus. Para que a mensagem da cruz seja conhecida até os confins da terra é preciso que a igreja envie missionários como luz que iluminam os povos. Os povos só irão ouvir o evangelho se a igreja cumprir com o seu papel de anunciar a salvação. Mas o que chama a atenção aqui são os pés dos que anunciam boas novas, dos que portam a mensagem do evangelho. Mensagem esta que tem que ser levada com responsabilidade e precisão. Não podemos sonegar aos povos o evangelho. Não podemos nos ocultar diante de tamanha missão. Nenhuma outra instituição tem a missão de anunciar as boas novas, somente a igreja. Cada cristão é um missionário. Cada descrente é um campo missionário. Ou seja, cada salvo é chamado a anunciar a salvação aos perdidos. 

Os pés dos que anunciam as boas novas devem se apressar em direção aos povos não alcançados. Devem correr em direção aos que nunca ouviram falar de Jesus. Isso só acontece quando a igreja desperta-se para o que a Bíblia diz. Somente sendo obediente e santa a igreja cumpre a sua missão de ir e fazer discípulos de todas as nações, povos, línguas e tribos. A igreja foi chamada para ser santa e para viver no mundo testemunhando Cristo.

Lembre-mo-nos de que somente os pés dos que anunciam boas novas são maravilhosos.

Nos laços do Calvário que nos une,
Luciano Paes Landim.

25 de maio de 2013 – Jacarepaguá/RJ.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A IMPORTÂNCIA DA FIDELIDADE DOS DÍZIMOS E DAS OFERTAS

ESTRATÉGIAS DE EVANGELIZAÇÃO URBANA (Parte 01)