A necessidade de compreender que não se faz missões com emocionalismo


MISSÕES: AGORA OU NUNCA!

Precisamos compreender que não se faz missões com emocionalismo, quando ficamos sentados e acomodados nos bancos de nossas igrejas emocionados com pregações, vídeos e fotos que mostram as necessidades do campo missionário. O campo missionário precisa mais de trabalho do que de emoção. Quando percebermos isto talvez sofreremos e nos importaremos mais com os perdidos e repudiaremos toda ideia de política e divisão dentro da igreja. Neste dia também descobriremos que milhares já partiram desta vida sem conhecer as boas novas de salvação exclusiva em Jesus Cristo, enquanto nós ainda não sentíamos a urgência da proclamação pura e verdadeira do Evangelho. Então, choraremos e lamentaremos porque para eles é tarde demais.

Nos laços do Calvário que nos une,
Luciano Paes Landim.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A IMPORTÂNCIA DA FIDELIDADE DOS DÍZIMOS E DAS OFERTAS

ESTRATÉGIAS DE EVANGELIZAÇÃO URBANA (Parte 01)