Persevere Até o Fim

Esboço de Sermão
(Pregado na Igreja Internacional BOAS NOVAS, Guará II/DF, no domingo 05 de janeiro de 2014)

Tg 1.12
Introdução:
1. Tiago, continua, aqui, suas orientações a respeito do comportamento cristão em face das provações da fé, e com esse verso ele introduz um importante ponto: a diferença entre provação e tentação, estabelecida pela origem e propósito de ambas.
2. Um cristão maduro é paciente nas provas. Um cristão imaturo transforma provas em tentações.
3. Não podemos confundir provação e tentação. A provação vem de Deus e visa nos aperfeiçoar, a tentação vem de Satanás e visa nos derrubar.
4. A igreja moderna confundiu provação com maldição. Não é uma igreja que está disposta a ser provada.
5. Vejamos algumas lições extraídas deste versículo:
I. Aquele que suporta com firmeza a provação é bem-aventurado - “Bem-aventurado o homem que suporta”:
1. “Bem-aventurado”:
a) É uma expressão tipicamente hebraica e designa uma pessoa que é feliz por estar em aliança com Deus.
b) Os cristãos que conseguem suportar as provações são verdadeiramente felizes.
2. “suporta”:
a) Significa a sobrevivência passiva e dolorosa em meio a uma provação e a concentração no resultado vitorioso.
b) De que forma devemos suportar: com alegria (1.4), orando com sabedoria (1.5), gloriando-se na sua dignidade (1.9).
II. A perseverança é essencial para sermos aprovados - “com perseverança, a provação”:
1. “perseverança”:
a) Não se refere a suportar de qualquer maneira, mas com perseverança (firmeza, insistência).
b) Perseverança significa ser fiel a Cristo até a morte.
c) Essa perseverança será recompensada por Deus: “Não temas as coisas que tens de sofrer. Eis que o diabo está para lançar em prisão alguns dentre vós, para serdes postos à prova, e tereis tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida” (Ap 2.10).
2. “provação”:
a) Deus permite essas provas para provar e aumentar a força e a qualidade da fé que a pessoa professa e demonstrar a validade dela.
b) Toda provação torna-se uma prova de fé que tem por objetivo fortalecer.
III. As provas são necessárias - “porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam”:
1. “aprovado”:
a) Tiago ensina que o alvo das provações é nossa aprovação, para que recebamos a vida eterna como a coroa.
b) Significa que “passou no teste”.
c) O cristão passou por suas provações com êxito e vitória, o que indica que ele é genuíno porque a sua fé resistiu como a de Jó.
2. “coroa da vida”:
a) “coroa” era o arranjo de flores em forma circular que era colocado sobre a cabeça do campeão nos antigos campeonatos atléticos da Grécia.
b) A recompensa dos que suportam com perseverança a provação é a vida eterna.
3. “a qual o Senhor prometeu aos que o amam”:
a) Recompensa máxima de um cristão: a vida eterna.
b) Isto é o que Deus prometeu e reservou aos que o amam.
c) Deus prometeu na morte e na segunda vinda de Cristo.
Conclusão:
1. Deus prova os que o amam com o objetivo de dar-lhes a coroa da vida. As tentações, por outro, não procedem de Deus, mas do nosso coração corrompido, quando cedemos à cobiça.
2. Quando Deus nos prova é para o nosso bem, por isso somos bem-aventurados.
3. Quando somos provados, desenvolvemos a paciência triunfadora.
4. Quando somos provados temos a oportunidade de demonstrar nosso amor por Deus.
5. A Bíblia diz que nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória (2Co 4.17).
6. Como Lutero expressou no hino “Castelo Forte”: Ainda que percamos família, bens, prazeres, Deus continua sendo nosso castelo forte.
7. NTLH: “Feliz é aquele que nas aflições continua fiel! Porque, depois de sair aprovado dessas aflições, receberá como prêmio a vida que Deus prometeu aos que o amam”.

8. Você deve ser firme nas provações, perseverante até o final. Você tem sido fiel, firme e perseverante?

Nos laços do Calvário que nos une,
Luciano Paes Landim.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A IMPORTÂNCIA DA FIDELIDADE DOS DÍZIMOS E DAS OFERTAS

ESTRATÉGIAS DE EVANGELIZAÇÃO URBANA (Parte 01)