Ilustração: O Monopólio do Espírito



“No século XIX, um grupo de pastores organizou uma campanha evangelística para alcançar uma cidade. Quando discutiam quem eles convidariam para pregar, o nome do famoso evangelista D. L. Moody foi apresentado. Relutante quanto à indicação de Moody para pregar, um pastor protestou: ‘Por que Moody? Ele tem o monopólio do Espírito Santo?’

A pergunta foi seguida por um longo silêncio. Por fim, outro pastor falou, dizendo: ‘Moody, Moody, Moody... ele tem monopólio do Espírito Santo?’ Outro pastor respondeu: ‘Não. Mas parece que o Espírito Santo tem o monopólio de Moody”.

(Extraído do livro “O Tipo de Pregação Que Deus Abençoa”, Steven J. Lawson, Editora Fiel, páginas 104 e 105).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A IMPORTÂNCIA DA FIDELIDADE DOS DÍZIMOS E DAS OFERTAS

ESTRATÉGIAS DE EVANGELIZAÇÃO URBANA (Parte 01)