Sugestão de leituras para pastores


Fui ordenado ao ministério da Palavra e das ordenanças há dez anos. Na minha pouca experiência, vejo o quanto é importante o pastor ler bons livros. Na lista abaixo, sugiro a leitura de dez livros sobre o ministério pastoral. Indico os livros para quem é pastor, para quem almeja o pastorado e para quem deseja presentear um pastor.
A lista não está em ordem de importância:
01 – De pastor a pastor: princípios para ser um pastor segundo o coração de Deus. Hernandes Dias Lopes. Editora Hagnos, 2008, 168 páginas.
Li o livro por duas vezes e sei que o lerei por mais vezes. O autor aborda os seguintes temas no ministério pastoral: perigos, vocação, preparo, vida devocional, atributos, sofrimentos, compromissos e salário. A linguagem é peculiar. HDL é claro, direto e aplicativo na abordagem.
02 – Irmãos, nós não somos profissionais: um apelo aos pastores para ter um ministério radical. John Piper. Shedd Publicações, 2009, 278 páginas.
O pastor batista, John Piper, mostra que a mentalidade do profissional não é a mesma que a do profeta. Afirma que quem estabelece a agenda do homem profissional é o mundo, mas quem estabelece a agenda do pastor bíblico é o Bom Pastor. O livro nos desafia a buscar um ministério pastoral centrado na piedade e humildade de Jesus.
03 – Libertando o ministério da síndrome do sucesso. Kent & Barbara Hughes. Editora Anno Domini, 2013, 222 páginas.
O livro mostra que muitos obreiros enfrentam certas sensações de fracasso. Entretanto, de que essas sensações são frutos de uma visão distorcida e de uma expectativa equivocada do que realmente significa um ministério bem sucedido. O que os autores mostram é que todo ministério pastoral deve ser avaliado de acordo com a Bíblia, e não do ponto de vista do “sucesso”, pois o sucesso pode ser um verdadeiro fracasso. O texto nos convoca a nos libertar da “síndrome do sucesso” e passar a desejar fortemente agradar a Deus.
04 – A pregação expositiva e o pastor: redescobrindo o lugar da pregação expositiva no ministério pastoral. Richard R. Goertzen. Syllabus Editora, 2014, 180 páginas.
O livro apresenta a uma junção entre a pregação bíblica e o pastor. Mostra a pregação expositiva como um meio de proclamar bíblica, clara e fielmente as Escrituras. Dois pontos são enfatizados: pregação expositiva e cuidado pastoral do rebanho. A melhor forma de alimentar saudavelmente o rebanho é pregando as Escrituras expositiva e sistematicamente, assim como elas nos foram reveladas. O livro é ótimo!
05 – O pastor como mestre e o mestre como pastor: reflexões na vida e ministério. John Piper & D. A. Carson. Editora Fiel, 2011, 133 páginas.
Piper (pastor-mestre) e Carson (mestre-pastor) mostram a combinação de mente e coração como o ideal bíblico para quem é chamado ao ministério. O livro busca resgatar a visão do pastor como mestre e do mestre como pastor. Se você é pastor ou mestre, leia este livro, se não, presenteie um pastor ou um mestre com este livro.
06 – O pastor e o aconselhamento: um guia básico para pastoreio de membros em necessidade. Jeremy Pierre & Deepak Reju. Editora Fiel, 2015, 200 páginas.
É uma introdução ao aconselhamento pastoral. A abordagem é bíblica e fundamentada na autoridade e suficiência das Escrituras. O livro é simples e prático. Mostra como podemos cuidar bem dos outros. É um grande recurso para o pastor atarefado. Recomendo sem reservas.
07 – Amado Timóteo: Uma coletânea de cartas ao pastor. Thomas K. Ascol. Editora Fiel, 2005, 316 páginas.
Escrito por vários autores (idosos e jovens), aborda vários temas do pastorado, desde as prioridades do pastor, como família, caráter, trabalho, etc. Leitura obrigatória!
08 – O pastor aprovado: modelo de ministério e crescimento pessoal. Richard Baxter. PES, 2016, 224 páginas.
O livro é um clássico, é do século XVII. Aborda temas como o cuidado de si mesmo e do rebanho, dificuldades do pastorado, etc. Altamente recomendável.
09 – Sacerdotes não ficam deprimidos: um chamado à reflexão sobre o suicídio de pastores, causas e prevenções. Manoel Neto. Editora Ixtlan, 2016, 156 páginas.
Estou encantado com o livro. O autor é minucioso e claro. O livro fala sobre o alarmante crescimento de suicídios entre pastores e busca meios de tentar frear a banalização da tragédia do suicídio de pastores. O autor fala sobre o mito de que pastor não poder sofrer de depressão. Recomendo a leitura com muita estima.
10 – Sensato coração: a sexualidade do pastor. Jasiel Botelho & Marcos Kopeska. Editora Hagnos, 2013, 111 páginas.
O livro é distinto pelo fato de tratar-se exclusivamente acerca da sexualidade do pastor. Outro diferencial são os desenhos espalhados pelo livro, que são bastante engraçados, porém, fortemente verdadeiros. O livro nos chama a refletir e compreender melhor os tabus da sexualidade. Altamente recomendável.
Nos laços do Calvário que nos une,
Luciano Paes Landim.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A IMPORTÂNCIA DA FIDELIDADE DOS DÍZIMOS E DAS OFERTAS

A ORAÇÃO É A CHAVE PARA A OBRA MISSIONÁRIA